Produto PLR: o que é e como lançar o seu em 21 dias - Nerd Rico

Estratégias

Produto PLR: o que é e como lançar o seu em 21 dias

Rafael Cruz
Escrito por Rafael Cruz
Produto PLR: o que é e como lançar o seu em 21 dias
Junte-se a mais de 5248 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Licenciar um produto digital é a maneira mais rápida de ter o seu próprio produto na internet e obter 100% de lucro mesmo se você for um total iniciante no Marketing Digital. O Produto PLR, com certeza, é o melhor caminho para isso.

Eu tenho certeza que você já flertou com a ideia de lançar algum produto na internet quando viu os anúncios de grandes gurus no YouTube. Pode ser que sua ideia inicial tenha sido criar o seu produto do zero e ficar milionário.

Você ficou muito animado no começo, mas depois acabou desistindo por falta de dinheiro para investir no curso (ou por medo de ser mais uma furada) e por causa do tempo que teria que dedicar.

Algumas dessas perguntas e pensamentos certamente passaram pela sua cabeça:

  • Como vou ficar rico na internet se nem tenho o que vender?
  • Isso tudo não passa de pirâmide, é só para ensinar a vender cursos…
  • Como vou criar meu produto do zero, sendo que não sou expert em nada?
  • Não quero aparecer e só é possível vender assim…
  • Não sei o que ensinar, então não tenho como criar meu próprio produto!
  • É impossível criar um produto digital sem gastar muito, isso não é para mim.
  • É melhor trabalhar como afiliado mesmo ou continuar no meu emprego CLT.

Alguns dos seus pensamentos (como o caso de falsos gurus tentando te colocar numa pirâmide sem fim) estão certos, confesso. Mas outros não passam de crenças limitantes.

Tenho como provar isso: é possível lançar seu produto em até 21 dias, ganhando 100% nas suas vendas, sem depender de migalhas da afiliação; tudo isso com um negócio sólido, sem precisar aparecer e sem precisar pagar uma fortuna para dar start.

Isso é possível com o produto PLR. Nunca ouviu falar? Vou te ensinar esse modelo de negócio para sair daqui com seu infoproduto quase pronto!

O que é produto PLR?

Produto PLR significa Private Label Rights (Produto com Direito de Revenda, em Português), que são produtos vendidos pelo autor com licença aberta para revenda.

Quando você compra um produto PLR, você adquire os direitos sobre aquele produto e o produto passa a ser seu.

Assim como acontece no mundo da música, dos livros, da TV e do cinema, ao adquirir direitos de reprodução ou revenda sobre aquele produto, você pode adaptá-lo à realidade do seu público.

Porém no mundo da música, dos livros, da TV e do cinema você precisa pagar toda vez que explora o uso dessa licença. Já no caso dos Infoprodutos é diferente: você paga uma única vez por um produto e ele passa a ser seu para fazer o que quiser com ele.

Isso significa que: depois de licenciar um infoproduto, o lucro de todas as revendas será 100% seu.

Apesar de pouco conhecido no Brasil, esse mercado de licenciamento de produtos digitais movimenta milhões de dólares nos Estados Unidos e em outros países. 

A tendência pelos próximos anos é ganhar cada vez mais espaço no Brasil (e como já falei no outro artigo sobre como licenciar produtos digitais do exterior).

Como licenciar um produto de fora?

produto PLR

Existe uma variedade de sites que você poderá encontrar produtos digitais para licenciar e para te ajudar nessa pesquisa, nada melhor que começar usando o Google.

Está pronto? Abra uma nova guia e vamos fazer uma pesquisa muito simples. Primeiro, vamos buscar pelo termo: 

“plr course” ou “plr products” – se quiser ser mais genérico

ou, caso queira ser mais específico com produtos de acordo com seu segmento, digite:

“plr course + nicho” ou “plr products + nicho”.

Exemplo:

Para encontrar produtos no nicho de saúde, basta pesquisar por: plr products health.

Para produtos de relacionamento, digite: plr products relationship.

Por ser um mercado mais aquecido nos Estados Unidos e demais países, ao pesquisar em inglês você terá um melhor resultado na sua busca.

Se você não sabe inglês, tudo bem. Você ainda poderá usar a tradução de páginas do Google para ler e descobrir tudo sobre o produto que pesquisou. 

Para traduzir suas páginas, é só clicar com o botão direito do mouse na página de resultados (ou na que deseja traduzir) e selecionar “Traduzir para o Português”.

Licenciar produto PLR estrangeiro ou nacional?

Particularmente, acho interessante optar por produtos estrangeiros, já que é possível achar uma variedade maior de produtos PLR nos Estados Unidos e, como os autores vendem um número limitado de licenças, é incomum que outros produtores brasileiros achem o mesmo produto que você.

A desvantagem do produto PLR estrangeiro é que qualquer um que você comprar precisa ser traduzido. Já alguns PLRs nacionais ficam disponíveis traduzidos, basta você editar.

Mas existe uma vantagem no produto PLR estrangeiro que poucas pessoas falam: pelo mesmo valor, você compra um combo de produtos do mesmo nicho e faz a adaptação e junção de ideias. 

Já no brasileiro, é comum que os sites vendam o acesso a uma boa quantidade de conteúdo, mas é variado, não tem relação apenas com o seu nicho.

Dessa maneira, se o seu nicho for concorrido aqui no Brasil, e tiver pouco conteúdo traduzido do seu segmento na área de membros do site em que comprou seu PLR, é provável que venda conteúdo repetido junto com seu concorrente.

Se você está em dúvida sobre como isso funciona, preparei um passo a passo para licenciar um produto digital (está bem detalhado e com tudo o que precisa para começar seu negócio hoje mesmo sem enganação).

Como comprar um produto PLR?

Depois de encontrar e escolher o seu produto para licenciar, vamos finalmente para a hora da compra.

Quando se fala em licenciamento e direitos de licença, muitas pessoas podem pensar que deve haver uma grande burocracia para licenciar um produto digital. Mas a verdade é que é mais simples do que podemos imaginar.

Para comprar um produto PLR você precisará se cadastrar no site para receber os arquivos no e-mail e ter acesso a uma área de membros e de um cartão internacional. 

Ao contrário do que muitos pensam, o cartão internacional é fácil de conseguir, você poderá conseguir através de alguns bancos digitais ou até mesmo de empresas que oferecem um cartão pré-pago para compras online.

Fique atento à cotação do dólar no momento, dependendo da cotação o preço pode ser um pouco mais salgado.

Dica: se você não tiver tanta pressa e se a oferta que viu do produto PLR não for tão irresistível, você pode conferir como anda o dólar e se a previsão é de alta ou baixa, para comprar no momento certo.

Como escolher produtos PLR

Depois que encontrar pelos títulos e combos os produtos que quer licenciar, é importante prestar atenção a alguns pontos importantes que vão te ajudar a vender o produto. E aqui vão algumas dicas para escolher um bom produto… 

1 – Veja o número de vendas deste produto ou quantas pessoas já compraram. Se vendeu bem lá fora, pode vender muito bem aqui no Brasil também.

2 – Procure por produtos que tenham Salles Page, ou seja, uma página de vendas. Todo produto que vende muito e trás bons resultados tem uma boa página de vendas e uma boa copy.

Depois que licenciar um produto, é só traduzir a página e adaptar o copy ao seu público.

Claro que existem outras dicas essenciais para escolher certo o seu produto PLR. Para saber outras dicas sobre isso veja esse artigo sobre onde encontrar e como escolher seu licenciamento de produtos digitais.

Como trabalhar com PLR: o que fazer depois da compra

produto PLR

A partir do momento em que confirmar o pagamento, o produto será totalmente seu, a partir daí você poderá fazer o que quiser com ele.

O primeiro passo depois de comprar o seu produto, deverá ser traduzir o seu produto. 

Se você já sabe inglês ou o idioma em que você comprou o produto, você mesmo poderá traduzir.

Caso não tenha tempo ou não saiba inglês, você pode optar por duas opções.

1 – Usar o google tradutor e comece a traduzir o seu produto.

2 – Contratar um tradutor que trabalhe como freelancer para traduzir seu produto.

Lembrando que sempre vale a pena contratar um profissional para fazer esse serviço se não tiver intimidade com a escrita, já que as traduções do google não são perfeitas e vai precisar editá-las depois para contextualizar.

O segundo passo depois de comprar o seu produto, deverá ser editar o seu produto.

Se for um curso em vídeo, aleḿ de traduzir, você precisará regravar as aulas em português. Se for um ebook, que é o tipo mais comum de produto licenciado, depois de traduzir você irá precisar editar seu produto.

Claro que o produto PLR exige menos trabalho, tempo e dinheiro gastos em comparação com a criação de um produto sozinho e do zero. Mas você ainda precisará editar seu produto para a sua forma de falar e escrever, adaptar às dores, desejos e problemas do seu público e persona.

Você pode ficar livre para editar o seu produto da forma que quiser, pode editar as imagens e inclusive mudar todo o design do produto se quiser.

O que fazer para vender seu produto PLR?

Depois de comprar e seguir todo o passo a passo descrito neste outro artigo você está pronto para vender seu produto. O primeiro passo para começar a vender seu produto é… 

Hospedá-lo em uma plataforma

Existem várias plataformas que você pode hospedar um produto digital, entre eles:

Cada uma tem sua particularidade. Para o produto PLR, eu recomendo que você utilize a Monetizze (pois é menos burocrática do que as demais) ou a Hotmart (por já ter opção de integrar páginas de venda ou personalizar uma pela própria plataforma). 

Mas se você já conhece e usa outra plataforma, fique à vontade para hospedar seu produto por lá. Para hospedar seu produto você precisará preencher o cadastro do produto nessas plataformas e uma página de vendas, que é obrigatório.

Depois de hospedar o seu produto, ele passará por uma avaliação, que leva menos de 48 horas e se aprovado poderá começar a vender.

Definir uma estratégia de vendas

Antes de colocar seu produto para vender, é importante definir uma boa estratégia e estruturar um funil de vendas.

Defina a melhor estratégia de vendas que irá usar, se irá fazer um tipo de lançamento do produto ou deixar ele vendendo no perpétuo entre outras coisas.

Abrir afiliação do seu produto também é uma boa opção para começar a vender, visto que é o afiliado que irá investir em tráfego e em estratégias de vendas.

Porém ao abrir para afiliação, você deverá disponibilizar materiais que vão ajudar o afiliado na venda do seu produto, como por exemplo: criativos para anúncios e provas sociais.

Importante lembrar: ao abrir seu produto para afiliação, parte do lucro deverá ser para o afiliado e parte do lucro será sua, deduzindo os impostos da plataforma.

Para conseguir os melhores afiliados, ofereça uma boa comissão de vendas, boas comissões vão de 30 a 50% do valor do produto.

Tráfego pago e orgânico

A melhor forma de alcançar público qualificado para mostrar a sua oferta é investindo em tráfego patrocinado e tráfego orgânico.

Hoje em dia, os meios mais comuns e mais usados para o tráfego patrocinado (também chamado de tráfego pago) são: Facebook Ads e Google Ads.

Já as maneiras mais fáceis de conseguir tráfego orgânico (sem precisar pagar um anúncio) é usando blogs e gerando conteúdo de valor – você pode até usar artigos que vieram no produto PLR, caso tenha comprado um mais completo.

Através de segmentações poderosas, você poderá levar seu anúncio para pessoas que têm interesses no tipo de produto que você está vendendo e naquele nicho.

As grandes vantagens de investir em tráfego pagos são: dependendo da segmentação que faça, é barato pelo número de contas que alcança e tem grande poder de alcance.

As vantagens do tráfego orgânico são: você ativa o gatilho da reciprocidade (pessoas querem comprar de você para retribuir a ajuda gratuita que deu) e você alcança uma boa quantidade de pessoas com conteúdos de qualidade. 

Além disso, já ajuda na confiança que a audiência terá sobre os produtos que você vender; a maioria das pessoas pensam assim: “Se esse conteúdo de qualidade é entregue gratuitamente, imagina como é incrível o pago.”

Copy

Se você quiser que as pessoas cliquem no anúncio para visitar a página de vendas do seu produto, você precisará chamar a atenção dos leitores e público em potencial de alguma forma.

Mas calma, não precisa ser um especialista em copywriting para fazer suas primeiras vendas, basta criar pequenos anúncios que chamem a atenção e despertem o interesse do seu público para o que você está oferecendo.

Aqui no Nerd Rico, usamos uma fórmula bem comum para Escrever Títulos que Chamem a Atenção e Vendem, como falamos lá no Instagram.

A fórmula é:

[Resultado final que o seu cliente deseja] + [Período específico de tempo] + [Quebra de objeção].

Exemplo

Como emagrecer 8 Kgs em 14 dias sem fazer exercícios.

É claro que um anúncio em si não é só uma headline como essa que você acabou de ler. Você deverá falar para o cliente que há uma solução e se ele quer essa solução deverá clicar no seu anúncio. Como, por exemplo:

“Você luta para emagrecer, mas ainda se sente acima do peso e aquela roupa que você comprou ano passado nem entra mais nas suas pernas?

Veja Como Emagrecer 8 Kgs em 14 dias sem fazer exercícios, com um método totalmente natural, que você poderá fazer dentro de casa em apenas 10 minutos por dia.

Esse método tem ajudado centenas de pessoas que se sentiam assim como você está se sentindo agora.

Para descobrir, clique em ‘Saiba Mais’”.

Veja, este exemplo de anúncio, é um tanto agressivo (eu acredito que anúncios assim dificilmente são aprovados pelas plataformas), mas por ele você pode perceber quais são os problemas e desejos do público.

Há também pessoas que acreditam que explorar profundamente a dor ou desejo do cliente seja o caminho; só tome cuidado para não perder a mão e ser insensível nas heads e no restante do copy do anúncio. 

Seja qual for o caminho que você escolher, o copy é um excelente jeito de vender produtos de forma mais certeira. A partir daí, basta aprimorar suas habilidades e lucrar com as vendas do seu produto PLR.

F.A.Q. Nerd: perguntas comuns sobre produto PLR

FAQ NERD

Qual a diferença de se tornar afiliado ou trabalhar com produto PLR?

Muitos escolhem o caminho da afiliação por já existir um produto pronto e menos gastos (apenas os da divulgação e tempo gasto em Marketing de Conteúdo). 

Mas, em compensação, o valor da comissão é limitado e o afiliado sempre fica ‘preso’ às exigências do infoprodutor – exemplo: se o autor do produto decidir tirá-lo do ar, lá se foi todo o seu trabalho de divulgação.

Com o produto PLR, é possível ser o próprio infoprodutor com o mesmo gasto de energia como se fosse afiliado e, melhor: ganhando 100% das vendas

Isso porque o licenciamento de produtos digitais permite que você compre um produto praticamente pronto, modifique algumas coisas para ficar a cara do seu negócio e revenda como se fosse seu; tudo dentro da lei. 

Ao comprar produtos PLR, eles serão só seus?

Dependendo do site que compre e do produto vendido, pode ser que você consiga reivindicar o direito autoral. Mas o comum mesmo é que ele fique com o criador original do produto e que ele venda um número limitado de licenças do produto para outros compradores.

Assim, cada comprador faz o licenciamento, traduz e edita do jeito que achar melhor, incluindo novas informações de acordo com sua experiência e, até mesmo, mudando a linguagem para o tipo de público que tem.

É raro achar algum produto com uma única cópia para vender. E, se você achar, é provável que o preço do produto seja bem acima do que você pagaria em outro similar ou de qualidade superior que seria vendido com 50 licenças, por exemplo.

Como o Inglês é a língua mais falada do mundo, e existe uma grande quantidade de pessoas de fora que compram produto PLR, é incomum que outra pessoa do Brasil compre o mesmo produto que você. Então, não acho que o número de licenças seja um fator decisivo ao comprar sua licença.

Diferente do caso de produtos nacionais, que pela facilidade do acesso aos produtos já traduzidos, é comum que outras pessoas usem o mesmo conteúdo que você.

Por que comprar produto PLR se outras pessoas também terão as licenças?

Já falei aqui que, ao comprar produto PLR nos sites estrangeiros, é difícil para alguém do Brasil licenciar o mesmo produto que você. Mas a mágica do Private Label Rights é que ele te dá uma liberdade de tempo e de criação muito grande.

Por exemplo: você pode comprar vários produtos do mesmo nicho, que tenham a ver com o que você vende, e criar um único produto, com a visão de cada autor nos tópicos que você estiver tratando.

Isso significa que você pode juntar os conteúdos de vários autores diferentes sem se preocupar com direitos autorais (já que tem licença pra isso), formar um pensamento em comum e lapidar com a sua visão, chegando a um produto digno de Oscar.

Tudo isso em menos tempo do que teria que gastar com a criação de um produto ou dinheiro que precisaria para contratar um redator que fizesse esse trabalho para você.

A adição do conteúdo sob a sua perspectiva que será o diferencial, fazendo com que qualquer produto PLR realmente tenha maior significado para o cliente e dê a impressão de que ele seja totalmente seu. 

E, sim, você pode colocar seu nome como autor do seu produto PLR.

E então, nerd, já decidiu lançar seu produto em 21 dias?

Existem vários tipos de negócios lucrativos na internet, e licenciar um produto digital é uma das melhores opções para quem está começando e quer lançar seu produto em menos de um mês.

Esse foi o guia quase completo do produto PLR para você sair daqui sabendo exatamente o que isso significa e como lançar o seu sem precisar criar nada; apenas comprando e utilizando conteúdo pronto dentro da lei.

Eu deixei um passo a passo completo disponível aqui no blog também; confira antes de achar que não é para você. O melhor é que ele está tão fácil e prático, que você pode seguir comigo enquanto lê o artigo.

“Mas como saber que vou conseguir lançar meu produto em 21 dias?” – você pode estar se perguntando… 

Se você acha que as coisas ainda estão confusas e precisaria de alguém com expertise para te ensinar a sair do zero e lançar seu produto PLR no mercado sem precisar aparecer, a resposta está aqui: o Digital Sem Barreiras.

O Digital Sem Barreiras é o programa que te mostra o caminho para faturar de R$ 100 a R$ 1000 por dia com licenciamento de produtos digitais sem perder tempo. Quer saber mais? Clica abaixo e confira!

Se você ficou com alguma dúvida, deixe aqui nos comentários e fale com o Nerd!

Que a Força esteja com você!

Opa,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PARTICIPE DA NOSSA COMUNIDADE

Faça parte da nossa comunidade no Facebook para conhecer novos empreendedores, trocar informações e dúvidas.