Despreze a sua Taxa de Abertura de Email e foque na taxa de conversão

Blog

Despreze a sua Taxa de Abertura de Email e foque na taxa de conversão

Rafael Cruz
Escrito por Rafael Cruz
Despreze a sua Taxa de Abertura de Email e foque na taxa de conversão
Junte-se a mais de 5248 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

É bem comum me perguntarem qual é a minha taxa de abertura de email da Nerd Rico.

Vejo também essa preocupação em grupos e fóruns.

Para muitos, essas informações são até determinante na hora de escolher o melhor serviço de e-mail marketing.

Mas deixa eu te dizer, meu caro: Despreze a sua taxa de abertura de email.

Isso mesmo que você ouviu…

Taxa de Abertura de Email não é Essencial para seus Resultados

A taxa de abertura não é parâmetro essencial para se medir o sucesso do seu negócio digital ou dos seus e-mails.

Não mesmo, tigrão.

Assim como também é neurótica e infundada a busca incansável pelo menor valor por clique no Facebook.

Não é ao custo por clique ou a taxa de abertura que a sua atenção precisa estar direcionada.

Você precisa se preocupar de verdade com a sua taxa de conversão. Ela é o que mais  importa no seu negócio.

A taxa de conversão é que te dá autoridade e paga o leite das crianças no final do mês.

Pense comigo:

A taxa de abertura de email é facilmente manipulável. Afinal, basta um assunto bem espalhafatoso, intrigante, incompleto ou cruel para que a sua taxa vá às alturas.

Dito isso, se você quer saber ao certo o que é a taxa de abertura e também o que é a taxa de conversão,as diferenças entre elas, e qual a relevância de cada uma… Então, você está no artigo certo. 

Fique comigo até o final para saber tudo!

Taxa de Abertura X Taxa de Conversão 

Taxa de Abertura 

É importante ressaltar de início que existem duas preocupações principais quando se trata de uma estratégia e email marketing, são elas: a preocupação de que a mensagem enviada caia na caixa de spam, e a preocupação de que a mensagem não seja aberta. 

Se tratando do segundo caso, para saber quantas pessoas chegaram a prestar atenção à ação que você planejou na estratégia da campanha, o monitoramento se torna fundamental.

O resultado desse monitoramento pode ser obtido pela taxa de abertura, por exemplo.

De forma prática, a taxa de abertura corresponde a quantidade de e-mails que foram abertos em relação à quantidade de pessoas que receberam sua campanha de email marketing.

Dessa forma, as ferramentas de análise irão utilizar essa informação para gerar uma taxa de abertura  precisa.

A partir do resultado dessa análise, você deve pensar sobre as estratégias que foram aplicadas. Portanto, se a taxa for muito baixa, fica claro que é necessário mudar suas táticas e/ou seu design, e por aí vai… 

Taxa de Conversão 

A conversão, de forma prática, podemos dizer que é realizada toda vez que alguém toma uma medida relevante para o propósito de sua marca. 

Por exemplo, o preenchimento de um formulário, um follow nas redes sociais, a compra de um produto ou serviço e etc. São todos uma forma de conversão.

Dessa forma, toda ação digital da sua empresa deve ser pensada e direcionada aos destinatários do seu email com objetivo de obter uma conversão.

Tendo isso em mente, a taxa de conversão será, então, uma métrica calculada, que é utilizada para acompanhar o quanto da sua audiência realmente converte gera resultados para o negócio.

E como a taxa é calculada?

A taxa de conversões é obtida através de um cálculo da quantidade de conversões em relação com o número total de pessoas do canal em pauta, que pode ser, uma landing page, uma página de produto de vendas online, um formulário de inscrição… 

Mas o principal desse artigo é a taxa de conversão nos emails. Por isso, vamos falar agora da sua importância em comparação com a taxa de abertura.

Por que a Taxa de Conversão é mais Importante que a de Abertura?

O que você diria se descobrisse que pode lucrar o dobro com vendas no seu site ou na sua página, sem aumentar um centavo, sequer no orçamento do seu marketing?

É isso mesmo que você leu, não é fantasia, isso é possível… Mas só com as empresas que acompanham a taxa de conversão constantemente e de forma precisa.

Uma das principais formas de realizar vendas na internet é sabendo quantas pessoas estão acessando sua página ou seu site e convertendo através delas e a mensuração desses números.

A taxa de conversão é importante, principalmente, porque através dela você pode entender o quão eficiente a sua mensagem está sendo.

É importante, também porque o consumidor se identifica com ela, ao ponto de desejar tomar uma ação, seja uma compra, seja um download de algum material, ou até mesmo um cadastro na sua newsletter. 

Esse indicador também vai mostrar o seu ROI (retorno sobre investimento) das ações em marketing e mostrar se as estratégias traçadas devem ou não se manter em curso. 

Por outro lado, a tão aclamada – por alguns – taxa de abertura é, na verdade, uma das métricas mais básicas do email marketing. 

Além disso, pode ser um pouco enganosa. Isso porque a maioria dos serviços de email consideram uma mensagem aberta simplesmente pela autorização da exibição de imagens.

Vale ressaltar também que o destinatário pode ter aberto a mensagem e lido apenas uma palavra, e não o texto todo.

 Então, agora você pode entender o título dessa página sobre desprezar a taxa de abertura e focar na taxa de conversão? 

Não há como negar, portanto, que acompanhar a taxa de conversão é mais importante que acompanhar a taxa de abertura.

Nota de Falecimento 

Imagine, por um momento, mandar um e-mail para sua lista com o assunto “Nota de falecimento” (não faça isso, por favor. Esse é o exemplo de um assunto cruel).

Com certeza, a sua taxa de abertura de email no mínimo dobra.

Como eu sei disso?

Porque eu sou o primeiro a abrir um e-mail que contenha esse assunto. E aposto que você também tem o mesmo comportamento.

Isso tudo é muito interessante mas… na prática isso não vai alterar a sua taxa de conversão.

Não vai porque o que mais importa no seu e-mail é a MENSAGEM que você traz. E não somente o assunto dela.

E se a sua mensagem não corresponder com as expectativas do seu leitor, ele simplesmente desiste de ler a sua mensagem.

Da mesma forma como eu faço (e você também) quando descubro que aquele “Nota de falecimento” na verdade não trazia a notícia de morte de alguém, e sim um truque sem vergonha para pegar a minha atenção.

O resultado disso? Eu não clicava no link que ele mandou no corpo do e-mail. Afinal, já estou desapontado e, se bobear, nem cheguei a ver o link, porque desisti da leitura antes.

E se eu não clicar no link do e-mail, eu deixo de conhecer uma oferta. Ou deixo de fazer um cadastro em sua landing page.

Logo, se isso acontece, a taxa de abertura de email desta pessoa não sofre alteração. Ou pior, sofrer alteração, mas em direção ao declínio.

Dicas para aumentar a taxa de conversão – e consequentemente a taxa de abertura.

Falamos até agora sobre a importância de acompanhar a taxa de conversão e todos os detalhes nisso, mas o principal objetivo nisso tudo é saber os melhores caminhos e práticas que podem otimizar os seus resultados.

Então, aqui vai uma ajudinha na direção certa. Vou te dar 3 dicas bastante práticas. Veja abaixo como usar cada uma delas a fim de converter melhor, ganhar mais dinheiro e consequentemente aumentar a taxa de abertura e conversão.

1 – Testes A/B

Os testes A/B são comparações entre duas versões de uma mesma página, porém com diferenças entre elas.

Essas duas versões ficarão disponíveis para os usuários ao mesmo tempo, e uma porcentagem verá a variação A e a outra porcentagem verá a variação B. Dessa forma, é possível ver como os elementos em teste interferem nas conversões.

Então, a dica que eu dou é: crie páginas com pequenas diferenças, sejam elas, no design, nos campos do formulário de preenchimento, na cor… Encontre o que chama mais atenção do seu público.

2 – Segmente seus leads 

Uma das estratégias mais importantes para aumentar a taxa de conversão de email marketing é criar uma segmentação para seus leads. 

Por que os públicos da sua lista não são iguais, precisam de informações diferentes. Para isso, saiba como segmentar seu público nas campanhas.

Quanto mais certeza você tem de que está falando com a pessoa certa, maior sua taxa de conversão será.

3 – Faça títulos chamativos 

Outro ponto muito importante é fazer títulos que sejam chamativos. Pense bem, o título é a primeira coisa que o destinatário vai ver quando receber o seu email, por isso ele precisa ser muito atrativo, para que instigue os seus prospectos a abrir o email. 

Então se garanta nos títulos, antes de tudo. Eles precisam ter bons ganchos e até frases de efeito. Escrevê-los parece uma tarefa fácil, no entanto precisa ser muito bem pensado e elaborado, para que sua taxa de abertura e de conversão aumente.

Para saber como escrever os títulos mais atrativos e elaborar os melhores ganchos, clique aqui.

Você é neurótico pela taxa de abertura de email?

O mesmo ocorre com os neuróticos por custos baixos de cliques em anúncios.

Não importa se você paga R$0,03 por clique e converte ZERO vendas. Mas vale pagar R$5 por clique, mas convertendo em vendas e fazendo lucros mensais.

O cálculo é bem simples:

100 cliques a R$0,03 em oferta de R$197. R$3 de custo e ZERO de vendas = R$3 de PREJUÍZO.

100 cliques a R$5 em oferta de R$197. R$500 de custo e 5 vendas (R$985). R$985 – R$500 = R$485 de LUCRO.

É óbvio que se você conseguir unir o útil ao agradável, seria o cenário perfeito. Mas não se afobe querendo este cenário ideal num primeiro momento. Comece com o que dá mais resultado (que é a conversão) primeiro.

Acertou na conversão? Então comece a otimizar seus anúncios para reduzir o seu custo.

Essa é a fórmula dos sábios. 😉

Mas, voltando à questão dos e-mails.

A minha recomendação é você ignorar a sua taxa de abertura de email e direcionar a sua atenção para a sua taxa de cliques nos links da sua mensagem.

Você ainda ignora a conversão? Não deveria…

Isso porque, se a pessoa resolver clicar no link que você recomendou em seu e-mail, então é um forte indício que a sua mensagem foi convincente para ela. 

Ou seja, ela realmente LEU a sua mensagem. E a considerou interessante  para continuar lendo mais sobre ela através do link que você recomendou.

É desse grupo de pessoas que saem as suas vendas.

É esse grupo de pessoas que precisa receber a sua atenção direcionada para que a sua taxa de conversão aumente.

Simples assim.

Sem assuntos mirabolantes. Sem seguir a manada com os batidos assuntos:

Portanto, seja original em suas mensagens e as suas vendas irão acontecer com mais frequência. Se te restou alguma dúvida, ou deseja saber mais sobre o assunto, veja este vídeo

Opa,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 Replies to “Despreze a sua Taxa de Abertura de Email e foque na taxa de conversão”

Samuca

Excelente artigo! Parabéns! =D

Rafael

Obrigado, Samuca!

John Silva

Pow Rafael!

Estava pensando justamente nisso esses dias.

Vejo tanta gente se preocupando tanto com coisas, com detalhes que acabam por perder o “fio da meada”.

Eu, até pouco tempo vivia assim, pensando em taxa de abertura, valor do clique e acabava não conseguindo atingir objetivos simples.

“Chutei o balde” e passei a focar nas conversões, ou seja, em testar novas maneiras de me relacionar com a lista, novas disposições dos links, call to actions fora do padrão geral e tenho visto as conversões melhorarem.

Grato pela publicação de grande valor!

Rafael

Excelente iniciativa, John! Que bom que a sua ficha caiu a tempo! Abraço!

Alexandre Figueiredo

Muito bom seu artigo Rafael!
É bom para as pessoas terem noção do que realmente importa e não só com o CPC ou taxa de abertura.
Parabéns!

Rafael

Obrigado Alexandre!!

Romaryw.com.br

Pura verdade cara. Parabéns pelo teu artigo!

Na verdade sou meio ligado nessa coisa de taxa de abertura também, mas até onde sei isso não tá me dando resultado algum. Ao contrário, tá é me prejudicando, pois enquanto estou preocupado com isso tentando conseguir mais abertura, fico ocupado e minha produção de conteúdo diminui.

Vou deixar isso pra lá e vou produzir que ganho mais. hehe. Abraços

David Arty

Show! Muito bom!

Confesso que por muitas vezes me apeguei a taxa de abertura.

Só com o tempo percebi que a taxa de conversão que é realmente a que importa. Não adianta nada 10mil pessoas abrirem o e-mail e nenhum clicar no link ou não te responder ( caso seja esse o objetivo).

Se tivesse lido este artigo antes teria me estressado menos kkkkk.

Hoje me dia também dou mais valor a conversão e não somente nos e-mails , mas também na criação dos meus layouts como já escrevi no meu blog Chief of Design.

Parabéns pelo artigo, Rafael.

Abraço!

Rafael

Valeu David!

vitor

sempre me preocupei com a taxa de abertura dos meu e-mails mais depois de ler o seu artigo sou obrigado a concordar com você, realmente elas são muito manipuláveis, ótimo artigo meu parabéns !!!!

Rafael Cruz

Vitor, quando eu comecei, eu também achava isso importante. Com o tempo, experiência e os resultados do trabalho, vi que era apenas uma obsessão por um numero que, no fundo, nao representa nada de relevante para um resultado de campanhas para email marketing. Voce deve procurar escrever um assunto que desperte o interesse da pessoa em abrir a sua mensagem? Claro! Mas nao fique obcecado por isso a ponto de apelar, como alguns fazem 🙂

NESTOR WALDHELM NETO

Olá Rafael,
Confesso que me tirou um peso das costas!
Concordo contigo, muitas vezes ficamos cegos em ver só uma parte (abertura de e-mail) e ignoramos a outra parte também muito importante (conversão).

Abração

Rafael Cruz

Fiquei feliz em ler isso, Nestor. Obrigado!

Luis

Um email bem trabalhado é uma ferramenta muito útil na conversão em todas as formas, este post revela o que muitos andam esquecendo de mencionar, a “Conversão”.
Muito bom artigo e merece ficar na estante daquelas informações que precisam ser relembradas.

PARTICIPE DA NOSSA COMUNIDADE

Faça parte da nossa comunidade no Facebook para conhecer novos empreendedores, trocar informações e dúvidas.